2ª - Classe
Horas
Finalidade: Esta lição sobre horas utiliza um relógio ANÁLOGO, que é um tipo que mostra as horas, utilizando ponteiros que se movem numa direcção circular. Nós podemos utilizar também um relógio digital que mostra números como: 12:43.

O Objectivo específico é: dizer as horas em várias formas. Para esta lição necessita de um relógio. Deve também fazer alguns relógios de papel, recortando grandes circos e pondo cuidadosamente os números de 1 a 12.

Lição 1
Esta lição será diferente se for a utilizar a língua materna, porque cada língua diz a hora de forma diferente. Queira adaptar a lição cuidadosamente neste caso.

1. Mostre o relógio à turma. Deixe que a turma o veja cuidadosamente e ouça o tic-tac, e que veja como movimenta. Se tiver pilhas, mostre-os onde se encontram as pilhas.

2. Explique à turma que os ponteiros sempre movimentam na mesma direcção, ou seja da esquerda para a direita no topo, e da direita para a esquerda em baixo. Tente não utilizar as palavras esquerda e direita.

3. Diga à turma que este movimento é chamado SENTIDO DE PONTEIROS DO RELÓGIO. Pergunte aos alunos que tenham utilizado uma chave de fendas, o que acontece quando giram o parafuso no sentido de apertar.

4. O movimento oposto é chamado DIRECÇÃO CONTRÁRIA AO MOVIMENTO DO PONTEIRO (à medida em que o parafuso se vai tirando).

5. Demonstre que o relógio tem dois ou três PONTEIROS. Todos eles giram na mesma direcção, mas em velocidades diferentes.

6. Conte os números à volta do relógio. Se não tiver nenhum número, deve escrevê-los no relógio utilizando lápis de cor, antes da lição.

7. Num relógio de papel, coloque o ponteiro dos minutos sobre 12. Depois movimente o ponteiro da hora de 1 a 12, etc., dizendo claramente cada hora - UMA HORA, DUAS HORAS, TRÊS HORAS.

8. Aqui, coloque o ponteiro das horas em tempos diferentes e não diga nada. A turma deve responder, não repetindo, mas olhando.

Método de Ensino: Nesta lição, não só estamos a aprender como dizer as horas, mas também que algumas coisas são diferentes de acordo com a nossa opinião. Um movimento no sentido dos ponteiros parece contrário ao sentido dos ponteiros para alguém que está do outro lado! Favor ser cauteloso, para também não fazer tudo em coro. Verifique se os alunos tenham realmente compreendido, utilizando o relógio apenas e não diga nada até que eles acertem. O seu objectivo é o de garantir que todos os alunos reconheçam as horas sem ajuda de ninguém.

Lição 2
Finalidade: Até este momento olhou para as horas AGORA. Nesta lição introduza os alunos ao conceito TEMPO PERCORRIDO. Na maior parte das línguas utilizam-se diferentes séries de palavras. Há uma diferença entre DURAÇÃO DE UMA HORA e UMA HORA.

O Objectivo específico é: Nomes dos dias da semana e dos meses. Deve ter um quadro preto para esta lição. Os alunos devem ter uma folha de papel e um lápis. A lição é dada em inglês. Todavia, com uma cauteloso adaptação, pode-se utilizar qualquer outra língua.

1. Os alunos permanecerão na turma. Faça perguntas para verificar que períodos de tempo é que já podem mencionar. Quanto mais poderem indicar, mais simples será a lição para si!

2. Todos eles dirão os nomes dos dias. Alguns dirão manhã, tarde, noite. Com adultos irá ouvir semana, mês e ano.

3. Pergunta a turma quando é que o dia inicia e termina. [Nota: Em inglês, dia significa do nascer ao pôr do sol, mas também pode significar de meia noite a meia noite].

4. Relacione isso, apontando para o lugar onde o sol nasce e onde o mesmo se põe. Utilize gestos para a hora do dia a que os alunos são habituados na sua cultura.

5. Fale à turma sobre como o dia se relaciona ao sol.

6. Diga-os para fazerem desenhos ou gestos para a diferença entre as primeiras horas da manhã, o meio dia, a tarde e a noite, numa outra lição.

7. Pergunte-os se há qualquer ligação entre a lua e o dia ou noite. Pode a lua ser vista durante o dia? Pode ver-se sempre a lua durante a noite?

8. Faça-os compreenderem que a lua não nos diz sobre a noite da forma que o sol nos diz sobre o dia.

9. Pergunte-os o que é que a lua nos mostra.

10. Faça-os compreenderem que a lua é relacionada ao mês.

11. O que é que acontece mensalmente? Como é que a lua se aparece? Como é que apareceu a noite passada? Faça alguns desenhos. Deixe que a turma também faça alguns. EXPLIQUE na língua materna, as palavras para o mês, nas diferentes fases.

12. Ensine a turma que a lua leva 28 a 29 dias para reaparecer na sua forma original.

13. Com alunos mais velhos, mostre como a palavra "LUA" é relacionada à palavra "MÊS". [Isto aplica-se para a maior parte das línguas].

Método de Ensino: Esta lição é mais baseada na turma do que as outras. Deve ensiná-los algumas coisas novas de que não têm nenhum conhecimento. Algumas deles são simplesmente palavras novas para coisas: outras são ideias novas. Como sempre, comece pelo que eles já sabem e passe ao que é novo. O que eles sabem chama-se DOTADO. Nós sempre dizemos que um professor vai do DOTADO ao NOVO.

Lição 3
Finalidade: Nós vimos que as horas podem ser demonstradas por ponteiros de um relógio (análogo) ou por números (digital). Nós vimos que sabemos como o tempo passa olhando para o sol e a lua. Esta lição introduz novas ideias de medição do tempo de forma mais exacta.

Recursos/Material: Pelo menos um relógio digital; Um relógio análogo.

1. Faça uma revisão das ideias introduzidas na hora 1 e na hora 2 e, se possível, introduza também as estações ou épocas (chuvosas, secas, frias: as estações zambianas, não inverno ou verão, etc.!).

2. Em seguida diga: Essas são as formas pelas quais nós medimos um período de tempo longo. Como é que medimos tempos curtos?

3. Discuta: Numa corrida nós conhecemos o vencedor porque ele ou ela derrotou os outros alcançando primeiro a linha final. Como é que podemos conhecer o vencedor, se os dois concorrentes não estiveram a correr no mesmo dia ou no mesmo local?

4. Faça-os responder: Temos que descobrir algo para medi-los.

5. O que é que isso poderia ser se nós não tínhamos relógios de parede ou de pulso? As sugestões podem incluir bater palmas, o pulso, uma vela ou uma …. Discuta as vantagens e as desvantagens de cada uma destas.

6. Despenda algum tempo, mostrando como medir a pulsação e garanta que saibam que é ao mesmo tempo que o bater do coração. Será que muda? O que é que faz com que mude? FAÇA UM INTERVALO saindo da turma e fazendo corridas com espectadores a baterem palmas ritmicamente.

7. Discuta esta forma de medir o tempo. Qual é o problema? A resposta deve ser: a rapidez do bater das palmas não é constante.

Uma Lição Adicional
8. Mostre à turma um relógio digital. Olhe cuidadosamente aos pontos (:) que mostram os segundos. Explique a turma que isso é como se fosse o bater de palmas, mas a velocidade é fixa. Todos os relógios mostram os mesmos segundos na mesma rapidez.

9. Com a turma, mostre que quando o número alcançar :59, iniciará outra vez de :00. Garanta que a turma possa reconhecer os moldes de números quadrados. Diga à turma que este é um minuto. (pronunciado em Português/minuto/).

10. A turma pode ainda não conhecer os números até sessenta. Se não conhecerem estes números, esta é a altura de os ensinar.

11. Faça uma actividade na turma de bater palmas enquanto grita os números ? Zero, 1, 2, 3, 4, 5, … até 59. Depois de 59 diga a uma menina para se apresentar em frente e dizer UM MINUTO.

12. Faça isso relacionando-se ao acender e apagar do relógio digital para que seja de facto um minuto.

13. Agora faça uma revisão. Cada bater de palmas é um SEGUNDO. Sessenta segundos (bater de palmas) significam um MINUTO.

14. Mostre como o segundo ponteiro gira num relógio análogo.

Método de Ensino: Nesta lição, note a importância de verificar o conhecimento da turma. Refira-se ao parágrafo 10 acima: "se não conhecerem estes números, este é o momento de os ensinar" e "garanta que a turma possa reconhecer os moldes de números quadrados". Garanta sempre que sabe o que é realmente dado e o que é realmente novo. O que pensa que é dado, pode de facto ser novo para alguns alunos!?

Qual é o valor de ensinar sobre minutos e segundos quando os alunos não podem ter um relógio. De qualquer forma, minutos e segundos não são importantes na aldeia. 1. Nós não estamos só a ensinar sobre as horas, mas também sobre o uso de números. 2. Devemos sempre esperar que as coisas mudem um dia. Quando mudarem para o melhor, devemos estar preparados.